Atualidade | 12/04/2018
SÃO FÉLIX: 6ª Semana dos Povos Indígenas começa na próxima segunda-feira
O crescimento da representação feminina nas comunidades indígenas é uma das pautas levantadas pelos movimentos sociais junto à Organização das Nações Unidas
Cerca de 5,5 mil índios de dez etnias são esperados para a 6ª Semana dos Povos Indígenas, que ocorre entre os dias 15 e 19 de abril, em São Félix do Xingu, sudeste do Pará. Com o tema “O empoderamento da mulher indígena”, o evento reúne os principais militantes dos direitos indigenistas no Brasil estarão no encontro. Considerado o maior do gênero no Estado, o evento promove debates enquanto os esportes praticados nas aldeias e a cultura ancestral ocupam a praça principal da cidade.

A chegada dos índios à cidade está marcada para as 17h do dia 15. Cerca de 70 embarcações se encontram na confluência dos rios Xingu e Fresco, em frente a São Félix, trazendo homens, mulheres e crianças preparados para a semana festiva. Logo em seguida, a organização do encontro faz uma reunião com os líderes de cada etnia – caciques, chefes guerreiros ou chefes de esporte – para fazer o sorteio dos jogos. Na ocasião, eles também recebem todo o material esportivo das competições.

JOGOS: Às 19h da segunda-feira (16), a Semana dos Povos Indígenas é oficialmente aberta, com apresentações culturais, exposição de artesanato e a aplicação da tradicional pintura corporal. Na ocasião, o músico Mokuka Kayapó vai entoar o Hino Brasileiro na sua língua materna. As competições começam às 7h do dia seguinte e ocorrem nas seguintes modalidades: futsal, arco e flecha, cabo de guerra, atletismo, vôlei e futebol de campo – estas duas últimas apenas no masculino. Após os jogos, à noite, tendas vão expor e comercializar o trabalho de cada etnia.

Na quarta-feira (18), é eleita a Miss Indígena e as tribos apresentam mais danças. No Dia do Índio (19) ocorrem as finais das competições, pela manhã, e uma caminhada pelas principais ruas da cidade, à tarde, defendendo um tema definido pelos próprios indígenas durante a semana. A organização espera a participação de dez mil pessoas por dia de evento, entre índios e não-índios.

HISTÓRIA: A Semana dos Povos Indígenas começou como evento local, uma iniciativa da Prefeitura de São Félix do Xingu para dar espaço e voz aos Kayapós, a tribo mais representativa da região, mas cresceu e hoje é o maior encontro anual de etnias do Estado. Além de ser uma arena multicultural, tornou-se espaço de reflexão e acolhimento. Graças ao apoio de diversas instituições, uma gama de serviços é levada aos índios, como a emissão de documentos que dão acesso a direitos, atendimentos médicos e capacitações profissionais.
Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs