Esporte | 05/04/2018
VOVES DO FUTEBOL: O técnico há mais tempo no cargo no Brasil
João Galvão, o técnico do Águia de Marabá
A Expedição Vozes do Futebol, projeto de VEJA em parceria com a Mercedes-Benz, que busca grandes histórias e personagens sobre a maior paixão nacional, esteve em Marabá e visitou a sede do maior clube da região, o Águia de Marabá. João Galvão, o técnico há mais tempo no comando de um time brasileiro, foi o entrevistado do repórter Alexandre Senechal.

O treinador está à frente do time paraense desde agosto de 2014 e só não está há 10 anos ininterruptos no banco de reservas da equipe porque a direção resolveu substituí-lo por Darío Pereyra no primeiro semestre de 2014. Três meses depois, porém, lá estava João Galvão novamente no cargo.
Com o Águia, disputou a Série C do Campeonato Brasileiro por oito anos, até o rebaixamento em 2015. A equipe disputou a Série D em 2016 e desde então não tem calendário nacional. Com a eliminação na primeira fase do Campeonato Paraense, o time de Marabá só voltará a disputar uma competição profissional no ano que vem.

Resignado com a situação, João Galvão reclamou da falta de investimento e preocupação com os campeonatos menores do Brasil. “As autoridades responsáveis deveriam olhar com mais carinho. A Série D é um torneio e os pais de família dos times que são eliminados cedo já estão desempregados em dois meses.”
A Expedição Vozes do Futebol percorrerá 8.702 quilômetros de estradas ao longo de 40 dias, passando pelas cinco macro-regiões do país e por quinze Estados, para mostrar o impacto do esporte mais praticado no mundo na vida de brasileiros com perfis completamente distintos.
Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs