Política | 22/03/2018
CANAÂ DOS CARAJÁS: Câmara aprova reformas em estádio, pavimentação asfáltica e doação de lotes
Indicações de vereadores são a principal pauta da 7ª Sessão Ordinária do Legislativo Municipal
Os vereadores eleitos de Canaã dos Carajás se reuniram mais uma vez na noite da última terça-feira (20): a 7ª Sessão Ordinária do Legislativo levou um bom público à Câmara Municipal, para acompanhar de perto as novas propostas do legislativo. Somente o vereador Anderson Mendes (PTB) não esteve presente durante o pleito. Em pauta, três importantes e elogiadas indicações ao Executivo foram aprovadas por unanimidade entre os presentes. Alguns atletas de jiu-jitsu compareceram à Casa de Leis para reivindicar mais apoio à prática esportiva.
A primeira indicação aprovada da noite foi a 010/2018, de autoria do vereador João Nunes (PMDB). Na ocasião, o parlamentar pediu que o governo municipal procedesse com a pavimentação asfáltica no bairro Jardim América; a indicação também pede ao Executivo que construa redes de água e esgoto na localidade. A pedida ganhou o apoio dos demais colegas parlamentares.
A indicação 031/2018, do vereador Rael da Marcenaria (PHS), pede que o Executivo faça, em regime de urgência, a reforma do Estádio Municipal Benezão. De acordo com o vereador, o local é sede de competições oficiais do município e abriga jogos da seleção municipal e, para isso, uma melhor estrutura para receber o público é essencial no momento. Antes de darem os votos favoráveis ao pedido de Rael, os vereadores também comentaram a necessidade da reforma: “Os eventos de futebol acontecem o ano inteiro e movimentam mais gente do que o carnaval. É necessário que se olhe pelo esporte de uma forma diferente,” afirmou o vereador Wilson Leite (PDT).
Por fim, o vereador Junior Garra (PR), presidente da Câmara Municipal, pediu do governo a criação de um programa, dentro da Secretaria de Obras, para o atendimento às pessoas carentes do município. A indicação 025/2018 também ganhou o apoio dos colegas legisladores municipais.
Já no Grande Expediente, o vereador Gesiel Ribeiro (PHS) chamou a atenção dos presentes com uma reflexão: “Estamos vivendo um momento muito complicado na história do Brasil. Eu observo o que está acontecendo com essa nação, com os estados mais ricos e alguns municípios. Acho que isso é a mão de Deus pesando sobre o Brasil. A corrupção tem se espalhado por todos os lugares e hoje há uma maldição terrível sobre a política aqui no nosso município.”
Vânia Mascarenhas (PDT), em mais um inflamado discurso, chamou a atenção para o esporte no município: “Eu gostaria de aproveitar a presença aqui do Jander [Fonteles, diretor-presidente da Fundação de Cultura Esporte e Lazer de Canaã – FUNCEL] para chamar a atenção dele para essas crianças e jovens que estão aqui hoje precisando do seu apoio. A FUNCEL precisa se mobilizar e ajudar essas pessoas. O esporte é uma prática que tira as pessoas da rua. Sei que você tem o coração bom e vai tentar fazer o melhor por eles.” Ainda em sua fala, a pedetista chamou a atenção da sociedade para a questão empregatícia: “O meu povo está passando fome, desempregado, e as empresas estão trazendo pessoas de fora para cá. As pessoas daqui precisam ter prioridade. Nós, vereadores, precisamos também nos manifestar. Não vamos ficar presos na Babilônia, vamos todos pro inferno, pois nos omitimos em muitas coisas”.
A Sessão Ordinária teve ainda algumas cobranças ao governo: o vereador Wilson Leite usou o seu tempo nas Explicações Pessoais para fazer duras críticas ao secretário de Desenvolvimento Econômico, Jurandir José, que também esteve presente. Na ocasião, o parlamentar pediu que o gestor organizasse a pasta que dirige e garantiu que lhe dará total apoio, caso ele necessite de ajuda.
Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs