Acontecimento | 12/06/2017
Redenção vai ganhar Núcleo Regional da Secretaria de Meio Ambiente
O sul do Pará é uma das regiões com a economia mais alicerçada e em expansão do Estado, principalmente na produção bovina e de grãos, além de possuir um comércio forte. Entretanto, muitas vezes todo esse crescimento fica travado devido à burocracia e morosidade.
Para resolver o problema, sobretudo no setor do agronegócio, que é considerado o carro chefe da economia regional, na última sexta-feira (9) o presidente da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), deputado Márcio Miranda, anunciou a implantação de um Núcleo Regional da Secretaria Estadual de Meio Ambiente em Sustentabilidade (SEMAS) em Redenção.
O anunciou foi feito no auditório do Sindicato Rural de Redenção (SRR), e reuniu pecuaristas, políticos e vários empresários. Com a implantação do Núcleo Regional, uma das principais reivindicações dos produtores rurais, que é o Licenciamento Ambiental Rural (LAR), poderá será emitido em Redenção. Antes o serviço só era feito em Marabá.
A situação foi resolvida com a interferência do Poder Legislativo paraense junto ao Governo estadual. Márcio Miranda destacou mais essa conquista para o sul do Pará. “No momento de grave crise econômica, quem levou o Brasil adiante foi o setor produtivo, foi o agronegócio. Portanto, não há motivos para que uma região tão rica como esta, que fica distante do local onde tira licença ambiental, não tenha uma regional da SEMAS”, disse.

Veja matéria completa com mais informações na edição 625 da próxima quinta-feira (15).
Da Redação
Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs