Gospel | 04/05/2017
Assaltantes fazem arrastão em igreja de Aracaju
No último domingo (30), os fiéis que estavam em uma igreja no Bairro Aruana, na capital de Sergipe, Aracaju, foram atacados por três homens armados. Durante o “arrastão” no templo, eles levaram bolsas, celulares e dinheiro. Algumas crianças estavam entre as vítimas.
As imagens das câmeras de segurança foram publicadas no YouTube, onde é possível ver que os assaltantes saíram da igreja a pé, sem muita pressa. Os três marginais se aproximam do templo e rendem um homem que estava na porta. Dois deles invadem a igreja, um com uma faca outro com um revólver, anunciam o assalto e fazem o arrastão.
O padre Benjamim Júnior, em entrevista ao site G1, diz que a ação começou às 8h48, quando a celebração já se aproximava do final. “De repente avistei do altar duas pessoas, uma com faca e outra com um revólver, estilo caseiro. Eles gritaram que era um assalto e pegaram os bens do povo da igreja. Foi um grande susto e a gente só tem a agradecer a Deus por não ter tido nada mais grave”, afirmou o sacerdote.
Um dos membros da pastoral do dízimo, José Santana Filho, desabafa: “Muitas pessoas desmaiaram sem ter noção do que estava acontecendo. A gente não espera que um marginal invada a casa de Deus e coloque faca e arma nas pessoas. Quando o primeiro homem entrou gritando que era um assalto, achei que se tratava de uma pessoa com problemas mentais, mas depois veio o segundo homem com a sacola recolhendo os objetos e dinheiro”.
A polícia investiga o caso, mas até agora ninguém foi preso.
Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs