Política | 06/04/2017
REDENÇÃO: Prefeito Iavé exonera Procurador Jurídico Geral
O triângulo que não deu certo - Advogado Luiz Carlos Martins foi demitido sem sequer ser comunicado.
Caiu como uma bomba a exoneração do procurador geral do Município de Redenção, Luiz Carlos Martins de Souza. A crise na relação parece ter se tornado mais forte depois que acirrou a polêmica em relação à contratação do advogado Reginaldo da Mota Correa de Melo Jr., o qual só nos últimos dez meses do ano de 2016, recebeu a importância de R$ 220 mil de prestação de assessoria jurídica, R$ 22 mil ao mês.
Por discordar da contratação a preço de ouro de Reginaldo e, por não ver a atu
Iavé não apresentou justificativa para a demissão de amigo de longa data
ação fixa e contínua do mesmo em favor do município, Luiz Carlos passou a contrariar Iavé, o que acabou agravando a já desgastada relação.
HISTÓRIA: Luiz Carlos começou a trabalhar com Carlo Iavé em 1990, quando iniciou o empreendedorismo vendendo peças para garimpeiros da região. Posteriormente tendo sua confiança, passou a coordenar o grupo Arauto Motos, pertencente à Iavé. Com isso, não havendo dúvidas de sua lealdade e sendo ele, seu principal aliado político, veio a ser indicado
O advogado Reginaldo, que ganha R$ 22 mil por mês, pode se tornar o novo procurador
como Procurador Geral do Município.
Porém, inexplicavelmente, na ultima terça-feira (4) Iavé encerrou a parceria que durou quase 30 anos, assinando decreto de exoneração do fiel e amigo colaborador Luiz Carlos.
CONTRADITÓRIO: Iavé não atendeu o telefonema de nossa reportagem. Por telefone, Luiz Carlos disse “que mesmo sendo velhos amigos Iavé não conversou com ele sobre a exoneração e que ficou sabendo através de outras pessoas, não sendo informado sequer o motivo da exoneração”.
(Da redação)
Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs