Saúde | 23/03/2017
Tucumã terá clínico geral capacitado pelo Hospital do Câncer de Barretos
Tucumã conquistou um importante aliado na prevenção e detecção precoce do câncer na população infanto-juvenil. O município terá, a partir de agora, um representante capacitado pelo Hospital de Câncer de Barretos, que é referência mundial no tratamento oncológico.
CAPACITAÇÃO: O clínico geral Miguel Marques Machado foi o médico escolhido pela Secretaria Municipal da Saúde para participar da capacitação “Sinais e sintomas de câncer infanto-juvenil”. O encontro acontece nos dias 24 e 25 de março na cidade de Barretos, no estado de São Paulo e vai reunir médicos de todo o Brasil.
Os profissionais serão orientados por médicos da instituição através de palestras. Os assuntos que serão abordados, são a epidemiologia do câncer infanto-juvenil; indicações de exames de imagem no diagnóstico precoce; aspectos importantes da cirurgia pediátrica, abordagem teórica e apresentação de casos de: tumores ósseos, sarcomas partes moles, tumores abdominais, leucemias, linfoma Hodgkin, linfoma não Hodgkin e tumores cerebrais.
A capacitação visa trabalhar com profissionais selecionados na cidade e faz parte de ações que já ocorreu a exemplos da Caminhada “Passos que Salvam” e o Leilão Direito de Viver “O sucesso da primeira edição destes eventos em Tucumã foi fundamental para firmar essa parceria com o Hospital do Câncer de Barretos”, relata o prefeito Adelar Pelegrini.
ATENDIMENTOS: De acordo com a Secretaria da Saúde, entre os anos de 2016 e início deste ano atualmente 29 pessoas em Tucumã estão sendo ou foram tratadas de câncer. Desse total, estão incluídas pessoas adultas e crianças, que vêm sendo assistidas pelo Hospital do Câncer de Barretos e em Porto velho, Rondônia.
ESTATÍSTICAS: Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Brasil o câncer já representa a primeira causa de morte - 7% do total - por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos. Estima-se que ocorrerão cerca de 12.600 casos novos de câncer em crianças e adolescentes no Brasil por ano entre 2016 e 2017.
(Roney Wydiamaior)
Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs