Educação | 02/03/2017
Redenção: Candidatos do Exame Estadual Permanente podem ver resultado na Escola Palma Muniz
Professor Vanderly diz que certame também será realizado em Redenção
O Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA) de Xinguara entregou o resultado das avalições do Exame Estadual Permanente, na secretaria da Escola Estadual Palma Muniz de Redenção, onde foram realizadas as avalições em novembro do ano passado. Os candidatos que participaram do certame, podem procurar o resultado da avaliação com a direção da escola.
As avaliações foram feitas por candidatos do Ensino Fundamental e Médio, ofertado pelo Centro de Educação de Jovens e Adultos da cidade de Xinguara, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Redenção e a Secretaria Estadual de Educação. Os alunos que conseguiram aprovação no certame estão aptos a cursar o Ensino Médio e o Ensino Superior este ano. Mais de 200 candidatos inscritos que não conseguiram terminar o Ensino Fundamental e Médio, na idade certa, participaram do processo de avalição na última edição realizada em Redenção.
O secretário municipal de Educação de Redenção, professor Vanderly Moreira, garante que a prefeitura municipal vai realizar o certame este ano. “O prefeito Carlo Iavé já nos recomendou a buscar parceria com a SEDUC e outros parceiros, para dar continuidade a esse projeto de grande importância que da oportunidade aos jovens e adultos, para que de continuidade aos seus estudos e possam assim cursar uma faculdade futuramente”, disse Vanderly Moreira.
O diretor da Escola Palma Muniz, Carlos Brito, foi um dos responsáveis pela aplicação das provas aos candidatos em Redenção.

(Dinho Santos)
Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs