Atualidade | 05/08/2019
Governo do Estado empossa 485 novos agentes penitenciários
Aprovados em concurso foram chamados pelo Estado após o massacre que deixou 58 pessoas mortas em presídio de Altamira.
O governo do Pará empossou, no último sábado (3), 485 agentes penitenciários chamados do último concurso público. Os novos servidores assumem o cargo após o massacre que deixou 58 pessoas mortas no Centro de Recuperação Regional de Altamira, sudoeste do estado. O evento aconteceu no Hangar Centro de Convenções da Amazônia, em Belém.

Os novos agentes empossados iniciaram o trabalho nesta segunda-feira (5) e serão alocados em unidades prisionais nas regiões metropolitana da capital, Carajás, Guamá, Xingu e Baixo Amazonas. Eles serão comandados pela Polícia Militar, durante período de treinamento, e pela Força Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), que estão no estado; Os agentes federais vieram a pedido do governo justamente para atuar na capacitação dos novos servidores e, também, para alinhar ações e estratégias que serão utilizadas nas casas penais do Estado.

Além dos recentes empossados, mais 470 passam por período de formação e a Secretaria de Estado de Administração (Sead) autorizou a convocação de mais 642 novos agentes. Até o final de 2019, mais de 1,5 mil novos servidores serão incorporados pela Superintendência do Sistema Penitenciários do Pará (Susipe).

Deixe Aqui Seu Comentario

Nome :

Email :

Captcha

Comentario :

Aviso Importante: Os comentários publicados não refletem a opinião deste site. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores. Não serão publicados comentários totalmente em letras maiúsculas (caixa alta). O site reserva-se o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional também serão excluídos.

sites / blogs